PREFEITURA DE CARNAÍBA

Três pernambucanos vencem na 28ª edição do Prêmio da Música Brasileira

Três pernambucanos venceram na 28ª edição do Prêmio da Música Brasileira, cuja cerimônia aconteceu na noite desta quarta-feira (19), no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Alceu Valença, Lenine e Zé Manoel (foto acima), saíram vitoriosos num dos eventos de maior prestígio da música brasileira. Este ano, Ney Matogrosso foi o grande homenageado, em performances que promoveram uma mistura de gerações e gêneros.
Lenine ganhou na categoria melhor álbum de MPB com “The bridge”, feito em parceria com Martin Fondse Orchestra. Os concorrentes eram “Abraçar e agradecer”, de Maria Bethânia, e “Batom bacaba”, de Patricia Bastos. O artista ganhou também na categoria melhor cantor de MPB. Ele disputava com o conterrâneo João Fenix (“De volta ao começo”) e Vidal Assis (“Álbum de retratos”).
Na categoria Regional, Alceu Valença venceu como melhor cantor com o álbum “Vivo! Revivo!”. Alberto Salgado (“Cabaça d’água”) e Raymundo Sodré (“Os girassóis de Van Gogh”) eram os concorrentes.
Já o álbum “Delírio de um romance a céu aberto”, de Zé Manoel, foi eleito o melhor projeto especial. “A luneta do tempo”, de Alceu Valença, e “Irineu de Ameida e o oficleide 100 anos depois”, feito por vários artistas.
O prêmio foi lançado em 1988 e, além de celebrar grandes nomes da música brasileira, abre espaço para artistas iniciantes e com expressão de alcance regional. Ao todo, 79 artistas concorreram em 35 categorias da premiação.
A cerimônia foi conduzida pela dupla Maitê Proença e Zélia Duncan. Estiveram no palco, além do próprio homenageado, artistas como Karol Conka, Ivete Sangalo, Lenine, Pedro Luís, BaianaSystem, Alice Caymmi e Laila Garin.
Da Folha de Pernambuco

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: