PREFEITURA DE CARNAÍBA

Novas delegacias móveis ajudam polícia de PE a investigar homicídios

A Polícia Civil de Pernambuco ganhou, nesta terça-feira (12), um reforço para investigar casos de assassinatos. Foram entregues, durante a manhã, quatro delegacias móveis e três micro-ônibus que darão suporte a operações itinerantes no estado. Este ano, o governo registrou, de janeiro a julho, 3.322 homicídios.
Os veículos estavam desativados há três anos. A um custo de R$ 108 mil, foram restaurados e equipados para funcionar como delegacias. Agora, cada diretoria regional do estado conta com duas unidades desse tipo.
“São quatro a cinco cartórios para facilitar e agilizar a instrução de inquéritos relacionados aos crimes contra a vida”, ressalta o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral. Ele participou da entrega das delegacias móveis, durante solenidade no Centro do Recife.
As quatro delegacias móveis serão deslocadas para operações itinerantes, como a 'Força no Foco'. Nesse tipo de ação, policias civis, militares e científicos entram nas cidades e passam até três dias fazendo levantamento de ocorrências criminais relacionadas a homicídios e outros crimes graves. "Este ano, 60 municípios já receberam ações desse tipo”, observou Amaral.
Segundo o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua Cavalcanti, além dos veículos para delegacias e micro-ônibus, a polícia passa a contar com uma embarcação. A lancha permitirá que policiais se desloquem até algumas áreas de difícil acesso para cumprir mandados.
“Ficará mais fácil atuar em alguns locais. Levaremos uma estrutura para reforçar o trabalho contra os crimes violentos letais intencionais”, comentou o secretário.
Estatísticas: Dos 447 homicídios cometidos em julho de 2017, 32% têm ligação com o tráfico de drogas, 19% foram motivados por ‘acerto de contas’ e outros 18,5% estão relacionados a conflitos em comunidades, segundo a SDS.
O número de assassinatos registrados em julho de 2017 é 28,8% maior do que os 347 homicídios contabilizados em julho de 2016. Em junho deste ano, a pasta havia contabilizado 380 assassinatos, o que equivale a um aumento de 17,6% desse tipo de crime em Pernambuco de um mês para outro. (Via: G1 PE)
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#
CURTA a página da Web Sertão e tenha no feed de notícias do
seu Facebook as principais notícias do momento.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: