https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Ministros do STF avaliam que vídeo de reunião não deve impulsionar investigações contra Bolsonaro

Conteúdo do encontro ministerial frustrou a oposição, que esperava assistir a cenas piores
O vídeo da reunião de Jair Bolsonaro frustrou uma parte da oposição a ele, que esperava assistir a cenas piores do que as que foram mostradas na filmagem.
Eterna vítima
Políticos e magistrados críticos do presidente acreditam que o vídeo pode até render frutos a Bolsonaro, do ponto de vista popular, apesar dos palavrões –em especial quando ele levanta bandeiras caras ao bolsonarismo, como a do armamento.
Morno
Magistrados do STF (Supremo Tribunal Federal) também opinavam, num primeiro momento, que o vídeo não deve impulsionar as investigações contra Bolsonaro deflagradas com as acusações de Sergio Moro.​
Quente
O material, no entanto, pode chocar em alguns momentos e deverá ser amplamente usado pela oposição.
Efeito reverso
Menos de uma hora após a divulgação do vídeo da reunião, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), aliada do presidente, já divulgava link do material com o título: “A reunião que mudará a República”.​(Por Mônica Bergamo/Folha de São Paulo)