https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Uso da ivermectina está associado a menor mortalidade de Covid-19, diz estudo

Um estudo apresentado no final de junho pela medRxiv e batizado de ICON (Ivermectin in Covid Nineteen) ganhou destaque ao mostrar que a utilização da ivermectina está associada a menor mortalidade de pacientes internados com o Coronavírus.
Após ficar demonstrado que a Ivermectina inibe a replicação do SARS-CoV-2 in vitro, um estudo realizado com 280 pacientes, entre março e maio, em quatro hospitais no sul da Flórida, nos EUA, concluiu que o medicamento contribuiu para reduzir índices de mortalidade, especialmente em pacientes que apresentavam alguma outra doença grave.
Os pacientes, cuja idade média era de 59,6 anos, foram divididos em dois grupos, dos quais 173 deles foram tratados com a ivermectina e 107 com outros cuidados habituais. O grupo de pacientes que, a critério do médico, recebeu pelo menos uma dose da ivermectina durante o período de internação teve menor índice de mortalidade (15% contra 25,2% do outro grupo). Já a mortalidade entre aqueles que apresentavam alguma doença grave foi 38,8% para os que fizeram uso da ivermectina, contra 80,7% dos que não tomaram nenhuma dose.
A publicação pondera que o estudo precisa ser revisado conforme regem os protocolos científicos e por isso não deve, por enquanto, ser usado para orientar a prática clínica, mesmo apresentando resultados satisfatórios.