https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

São Paulo pode começar vacinação contra Covid-19 ainda este ano


Com a chegada prevista de 5 milhões de doses da Coronavac para o mês de outubro, o estado de São Paulo poder dar início à vacinação ainda neste ano. A informação já tinha sido comunicada pelo governador João Dória, que reforçou em entrevista ao programa de José Eduardo, na Rádio Metrópole, que irá pedir ao Ministério da Saúde que se empenhe em ajudar outros estados a adquirirem o medicamento, desenvolvido pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac.
"Ao término de outubro, teremos todas as testagens feitas com médicos e paramédicos, tudo correndo bem, já em novembro poderemos apresentar à Anvisa para a devida aprovação e até dezembro poderemos iniciar a imunização", destaca o tucano, que ressalta que esta foi uma das vacinas consideradas "promissoras" pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
"Pedimos ao Ministério da Saúde que destine recursos para comprar vacina para brasileiros de outros estados tomem também", acrescentou.
Dória ainda minizou os países que estão por trás do desenvolvimento da vacina, seja ela "inglesa, chinesa ou portuguesa", desde que seja capaz de salvar vidas da doença que assola o mundo inteiro.
TORCIDA NOS ESTÁDIOS
Enquanto no Rio de Janeiro o Governo do Estado tenta se mobilizar pelo retorno do público aos estádios de futebol, em São Paulo os torcedores precisarão ser ainda mais pacientes.
Dória defendeu a boa relação com a Federação Paulista de Futebol e também com a CBF, mas que não irá se precipitar na retomada e nem vai ceder a nenhum tipo de pressão.
Ele reiterou que o "grau de exigência" em São Paulo foi superior ao adotado no Rio de Janeiro, que retomou o futebol profissional quase um mês antes do estado vizinho.