Criminosos de alta periculosidade fogem de presídio de segurança máxima em PE

Oito presos fugiram nesta sexta-feira (25) do Presídio de Itaquitinga, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, distante 85 quilômetros do Recife. Os homens estavam detidos na cela seis do Pavilhão C da unidade penitenciária de segurança máxima. Um dia antes da fuga, um preso foi assassinado durante uma briga.
Por meio de nota, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), informou que as circunstâncias da fuga serão apuradas pela Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica (Giso).
A Seres também afirmou, na nota, que a Corregedoria da Secretaria de Defesa Social foi acionada para que seja realizada a captura dos fugitivos. "Um procedimento interno para a apuração dos fatos foi aberto pela Seres", informou.
Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram um buraco encontrado na cela de onde os presos fugiram. Até a última atualização desta reportagem, nenhum dos fugitivos havia sido recapturado.
Na quinta-feira (24), o presidiário Cícero José da Silva Moura foi assassinado durante uma briga na unidade prisional. A Seres não informou quantos homens se envolveram no crime.
Por meio de nota, disse que "os envolvidos na ocorrência foram submetidos ao Conselho Disciplinar, onde é registrado o fato na ficha do detento e comunicado ao poder judiciário".
As investigações foram iniciadas pela Polícia Civil. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML).
Outros casos
Em maio, dois presos que estavam em uma cela do Pavilhão D do presídio foram assassinados. Outros presos derrubaram uma parede e usaram pedaços de concreto e uma arma artesanal para praticar o crime.
Em setembro do ano passado, uma briga entre dois colegas de cela provocou a morte de um detento. Em maio de 2020, cinco homens armados com fuzis tentaram fazer o resgate de um detento do Presídio de Itaquitinga e trocaram tiros com a polícia. (Via: G1 PE)