Mortos recentes por Covid-19 na região do Pajeú eram em sua maioria adultos jovens.

Maioria tem entre 34 e 62 anos. Vítimas são de Flores, Iguaracy, São José do Egito, Afogados da Ingazeira, Tuparetama e Brejinho
O Hospital Regional Emília Câmara acaba de informar idades e cidades das vítimas da Covid-19 que faleceram esta noite na UTI da unidade. Os pacientes tem entre 34 e 83 anos de idade.
Chama a atenção o fato de que a maioria é de adultos jovens, com 34, 36, 44, 56, 59, 62 e 83 anos. Seguem os dados que podem ser publicados: mulher, 62 anos, moradora de São José do Egito; homem de 36 anos de Tuparetama; homem de 34 anos morador de Flores; homem de 83 anos morador de Afogados da Ingazeira; mulher de 56 anos residente em Iguaracy; mulher de 59 anos residente em Iguaracy; mulher de 44 anos residente em Flores e homem de 56 anos natural de Brejinho.
Dessas, apenas a morte da paciente de Flores de 44 anos está sob investigação, por ter quadro de SRAG e sem positividade para a Covid, segundo a Secretaria de Saúde do município. O HREC confirma que ela estava na UTI Covid mas não tinha a doença.
A noite foi a mais difícil para a equipe do Hospital Regional Emília Câmara desde o início da pandemia. O número, de oito óbitos, foi registrado na UTI Covid da unidade. É o maior número de mortes desde o início da pandemia em um único plantão.
A unidade confirmou o número ao blog. Segundo a Direção, uma conjunção de fatores como maior número de casos com extrema gravidade simultaneamente, a maior violência da nova variante, a P1, predominante em Pernambuco, estão entre as causas das mortes. “Estamos arrasados”, admitiu o Diretor da unidade Sebastião Duque.