Veja quais rodovias poderão ter pedágio em Pernambuco

Pelo menos três rodovias estaduais poderão vir a ser concedidas à iniciativa privada em Pernambuco e, como consequência, passar a ter cobrança de pedágio dos motoristas. São elas: a PE-60, a mais famosa por ser o principal acesso ao Litoral Sul do Estado e faz divisa com o estado de Alagoas; a PE-90, que liga Toritama, no Agreste, ao município de Carpina, na Zona da Mata Norte; e a PE-50, que liga Limoeiro à BR-232, também no Agreste pernambucano.
No total, são 220 km que poderão passar a ser geridos e operados por concessionárias, em contratos que podem ultrapassar investimentos na ordem de R$ 1 bilhão. Essas três rodovias têm, juntas, um tráfego de 25 mil veículos por dia, divididos na seguinte grandeza: PE-60 com 12 mil veículos/dia; PE-90 com 8 mil veículos/dia; e PE-50 com 5 mil veículos/dia. As três PEs fazem parte de um estudo de viabilidade de concessão pública desenvolvido desde 2020 pela Secretaria de Planejamento de Pernambuco.