Como ficam os shows em Pernambuco com novas flexibilizações anunciadas pelo governo?

Conforme anunciado pelo Governo do Estado em coletiva, nesta quinta-feira (23), os eventos-teste deixam de existir, pois não será mais preciso pedir autorização para a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico para realizar eventos culturais, bailes e shows em Pernambuco.
Apesar das mudanças, público deverá seguir protocolos de prevenção à covid-19.
O que muda?
A partir da próxima segunda-feira, dia 27 de setembro, ficam liberados os eventos culturais, bailes e shows em Pernambuco para 2,5 mil pessoas ou 50%, o que for menor. Será obrigatório o uso da máscara, desde que não esteja consumindo comida e bebida. Além disso, o público deverá permanecer sentado, área de dancing ainda não está liberada, e será permitido ficar em pé, desde que usando máscara.
De acordo com o governo, será necessário o controle seguro do esquema vacinal, sendo destinados 90% da venda dos ingressos para pessoas com a segunda dose da vacina ou com uma dose, no caso de vacina de dose única.
Os outros 10% dos ingressos serão vendidos a pessoas com a primeira dose, e com exame RT-PCR feito 48 horas antes ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento.
Os eventos devem ter duração de, no máximo, 7 horas com horário até 1h da madrugada, todos os dias.
Em novembro, número de público aumentará
A partir de novembro, haverá uma nova mudança nesses eventos. Ficam liberados os eventos para 5 mil pessoas ou 70%, o que for menor. Ainda será obrigatório o uso da máscara, desde que não esteja consumindo comida e bebida. O público deverá fica sentado, a área de dancing ainda não está liberada, e é permitido ficar em pé, desde que esteja usando máscara.
O público deve estar 100% vacinado com duas doses ou com a vacina de dose única. Os eventos devem ter duração de, no máximo, 7 horas com horário até 1h da madrugada, todos os dias.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232