Bolsonaro assina contratos de 5G com operadoras


O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta terça-feira (7), os contratos de autorização das dez operadoras que venceram o leilão do 5G no início de novembro com a promessa de investirem R$ 42 bilhões para massificar a internet móvel no país. No entanto, durante o evento, que ocorreu no Palácio do Planalto, Bolsonaro falou pouco da nova tecnologia da telefonia e concentrou esforços em fazer elogios a seu governo.
O ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), também usou o discurso para promover o governo de Bolsonaro. Ele disse que, pela primeira vez, as escolas públicas serão conectadas —algo que não ocorreu no governo do PT.
“Quase todas elas [escolas] não têm internet ou têm internet de baixa qualidade”, disse o ministro. “Já recebi pedidos de deputados da oposição [para novas conexões]. Das 85 mil escolas, 75 mil terão 5G. Eles [deputados] estavam brigando porque não conseguiram no governo do PT [conectar as escolas]. Conseguiram no governo do presidente Jair Bolsonaro. Quem vai conectar as escolas é Jair Bolsonaro, porque o PT não conectou.”