Número de assassinatos sobe 3,7% em novembro em Pernambuco e tem queda de 11,2% no acumulado de 2021

Em novembro de 2021, foram registrados 304 assassinatos em Pernambuco. Segundo dados divulgados nesta quarta-feira (15), pela Secretaria de Defesa Social (SDS), isso significa um aumento de 3,7% em relação ao mesmo mês de 2020, quando ocorreram 293 crimes desse tipo.
Ainda segundo a SDS, no acumulado entre janeiro e novembro de 2021, foram contabilizados 3.070 homicídios. No mesmo período do ano passado, aconteceram 3.457. De acordo com a secretaria, isso significa uma queda de 11,2%.
Áreas
No balanço divulgado nesta quarta, a SDS disse que, em novembro, três regiões de Pernambuco tiveram redução do número de assassinatos: Agreste, (-21,33%,), Sertão (-12,2%,) e Zona da Mata (-8,93%).
No acumulado de 11 meses, o Agreste registrou 679 vítimas de assassinatos. Isso significa uma queda de 17,3%, em relação ao registrado no mesmo período de 2020, com 821 mortes.
A Zona da Mata teve queda de 16,67% nos números de homicídios, no acumulado entre janeiro e novembro. Em 2021, foram 600 caso, contra 720 no mesmo período de 2020.
No Sertão, houve redução de 13,13% no acumulado do ano. O número passou de 434, em 2020, para 377, em 2021.
A Região Metropolitana teve queda de 7,74%, passando de 969, em 2020, para 894, este ano. O Recife oscilou para cima, saindo de 513 para 520, diferença de 1,36%.
Mulheres
No balanço divulgado pela SDS, consta também o registro de 16 mortes de mulheres, incluindo assassinatos e feminicídios, quando o crime ocorre por uma questão de gênero.
Isso representa, disse o governo, uma queda de 36%, na comparação com o mesmo mês de 2020, quando foram notificados 25 casos.
A SDS disse, ainda, que em novembro de 2021 foram 3.254 casos de violência contra a mulher. Isso significa uma queda de 16,31% em comparação com os 3.888 do mesmo mês de 2020.
No acumulado de 11 meses, a redução foi de 1,17%. O número saiu de 38.035 vítimas, em 2020, para 37.591, em 2021.
Sobre os estupros, a SDS disse que, em novembro deste ano, 192 mulheres prestaram queixa em delegacias do estado. No mesmo mês de 2020, foram 206. A redução foi de 6,8%.
No acumulado de 11 meses, foram 2.195 casos, em 2021, contra 2.334, no mesmo período de 2020. Houve, assim, uma queda de 5,96%.
Roubos
No acumulado de 2021, Pernambuco teve 47.464 queixas de roubos e assaltos. Isso significa, segundo a SDS, uma redução de 3,1%, em relação ao mesmo período de 2020.
De acordo com as estatísticas, em novembro de 2021, foram registrados 4.168 boletins de ocorrências de roubo e, no mesmo mês de 2020, 4.215.
“Este foi o melhor novembro desde 2012, quando se computaram 3.867 crimes deste tipo”, disse o governo, que informou uma redução de 1,12%, em relação ao mesmo mês de 2020.
Em novembro, a Zona da Mata teve a maior redução nos crimes patrimoniais, de 11,52%, com 315 casos, em 2021, e 356, em 2020.
O Agreste, com 745 ocorrências, em 2021, e 810, em 2020, registrou uma queda de 8%. A Região Metropolitana apresentou redução de 3,93%, com 1.319 crimes, em 2021, e 1.373, em 2020.
O Sertão teve alta de 6,22%. Saiu de 241 denúncias, em 2020, para 256, em 2021. Por fim, o Recife variou 6,83%, com 1.435, em 2020, e 1.533, em 2021.
Os roubos a ônibus, em novembro, tiveram uma redução de 65,63%, com 22 ocorrências, em 2021, e 64, em 2020.
No acumulado do ano, a queda desse tipo de crime foi de 17,29%, com 488 ocorrências, nos 11 meses de 2020, e 590, no mesmo intervalo de 2021.
Ainda de acordo com informações do G1 PE, as ocorrências de roubo de carga apresentaram redução de 19%, com 29 casos, em novembro de 2021, e 36, no mesmo intervalo do ano passado. De janeiro a novembro, houve queda de 33,8%, com 335 cargas roubadas este ano e 506, em 2020.
O mês de novembro de 2021 teve redução de 100% nos crimes contra instituições financeiras, já que não houve nenhum registro de crime do gênero.
Em 2020, houve um boletim de ocorrência. Entre janeiro e novembro, retração de 27%, com 11 investidas consumadas em 2021, enquanto em 2020, foram 15.
Produtividade
Ao longo de 2021, as forças de segurança pública de Pernambuco apreenderam 5.402 armas e prenderam 59.429 pessoas em flagrante.
Também cumpriram 4.390 mandados de prisão e 5.954 autuações de adolescentes que cometeram atos infracionais. Os policiais do estado atuaram, ainda, em 8.410 ocorrências de combate ao tráfico de drogas.