PREFEITURA DE CARNAÍBA

Secretária de Saúde de Iguaracy dá entrevista sobre as dificuldades e avanços nestes meses iniciais da nova gestão.

A Secretária Municipal de Saúde, Joaudeni Cavalcante Barbosa da Silva, conversou com a equipe do blog e falou um pouco sobre os desafios da pasta que foi recebida das mãos do prefeito Zeinha, disse que como está no inicio da gestão, muita coisa ainda precisa ser ajustada e que lidar com saúde não é fácil e parece não ficar 100% nunca, mas acredita que já deu uma caminhada boa para que a população cada vez mais tenha acesso aos cuidados básicos necessários.
Equipe, autonomia, falta de recursos e demanda:
Joaudeni disse que conta com uma boa equipe de trabalho e que o prefeito Zeinha tem lhe dado muita autonomia, muita confiança mas com responsabilidades, e que tem combinado tudo com o prefeito antes de tomar decisões importantes, disse que sabe que o peso da responsabilidade é muito grande pelas inúmeras necessidades, "estamos fazendo tudo dentro das possibilidades, não é fácil, a demanda é muito maior do que os recursos que temos, mas estamos fazendo manobras para que  dê tudo certo”, disse a secretária que realçou que o município ainda não conta com todos os especialistas que seriam necessários, "os recursos não dá para contratar tanta gente, por enquanto vamos nos virando e ajudando a população com o que temos”, disse.
Principal dificuldade:
Ao ser perguntada qual a principal dificuldade encontrada, a secretária citou que a parte dos médicos era a mais delicada, disse que o Tribunal de Contas e o Ministério Público, exige que os médicos tenham que trabalhar a mesma carga horária dos demais profissionais da assistência básica, só que eles não querem dar 40 horas de PSF, estão sempre reclamando, dizem que o valor que recebem é inferior ao que gostariam de ganhar, mas é o que um município pequeno como o de Iguaracy suporta pagar. 
Uma das metas:
A secretária disse que a meta do prefeito Zeinha é colocar médicos em todas as unidades para atender a população e que o prefeito está estudando uma forma de oferecer melhores salários para ver se consegue trazer mais médicos para o município. “Estamos com o PSF de Irajaí ainda sem médico, mas não porque queremos, já corri muito atrás, já tem uns manifestando interesses de vir, estamos negociando”, disse a secretária. 
Avanços:
Sobre os avanços na pasta, Joaudeni disse que a atual gestão conseguiu contratar um médico que faz ultrassom, com 60 atendimentos por mês, “algo que aqui não tinha, geralmente as pessoas tinham que ir para fora e agora estamos ofertando este atendimento na cidade e como a demanda de Jabitacá também é muito alta, estamos dividindo o atendimento entre Iguaracy e Jabitacá”, disse a secretária que citou que o município agora conta também com um cardiologista que faz 10 eletrocardiogramas todas as segundas-feiras no hospital com 40 atendimentos por mês, e que foi conseguido ainda um ortopedista que está fazendo 35 atendimentos mensais, “são atendimentos que a gente conseguiu depois que começou esta nova gestão, algo que Iguaracy nunca viu”, disse.
Sobre a Secretaria de Saúde:
“Outros secretários dizem que nenhuma secretária é fácil, mas acredito que a saúde é mais complicada, porque atende as pessoas em um momento em que estão fragilizadas, os problemas geralmente são imediatos, emergenciais, que não dá para deixar para depois”, finalizou a secretária.
Assessoria de Comunicação - Governo de Iguaracy/PE

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: