Programa Criança Feliz de Iguaracy, secretária revela o segredo de tanto sucesso

O prefeito da cidade turística de Tamandaré-PE, na companhia da primeira-dama e secretária de Assistência Social, Maria Luiza e membros da equipe de governo, estiveram em Iguaracy em busca de saber a razão do grande sucesso do Programa Criança Feliz no município.

O CRIANÇA FELIZ é um programa do Governo Federal, conhecido nacionalmente, porém, não da mesma forma que é executado pela gestão do prefeito Zeinha Torres.
A maneira que o programa está sendo conduzido na cidade sertaneja chamou tanto a atenção, que o município já foi duas vezes à Brasília apresentar sua experiência exitosa, na primeira vez chegou a receber uma premiação diretamente das mãos do então ministro da Cidadania, Osmar Terra (veja aqui) e na segunda ida, participou de um seminário internacional promovido pela Secretaria Nacional de Atenção à Primeira Infância - SNAPI, em parceria com o Banco Mundial e a Organização das Nações Unidas, a ONU (veja aqui). Além disso, o município já foi capa de matéria no site da UNICEF (veja aqui).

A secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Juliany Rabelo, explicou aos ilustres visitantes como é realizado o programa no município, revelando inclusive, o segredo de tanto sucesso.
Juliany disse que no evento internacional, Iguaracy foi escolhido juntamente com mais quatro municípios do Brasil, onde a equipe pôde mostrar a sua experiência, a intersetorialidade trabalhada, e contribuir assim para que no futuro o programa fosse aprimorado baseado nas experiências vividas por estes municípios.
A secretária disse ainda, que atualmente Iguaracy está fazendo parte de um grupo seleto formado por dez municípios que estão sendo estudados pela UNESCO e pelo Ministério da Cidadania para criar um novo modelo para trabalhar a intersetorialidade do Programa Criança Feliz. Disse que ainda este ano será disponibilizado um novo manual de como realizar o programa baseado na experiência destes dez municípios, o que será uma grande honra para Iguaracy.
Disse que o programa no município foi reconhecido nacionalmente após ser analisado como um todo, que o mesmo tem buscado uma melhor qualidade de vida não apenas para as crianças atendidas, mas como também para toda a família.
Juliany disse que em Iguaracy o Programa faz além do que é proposto, que faz atendimento setorial com o CRAS e realiza cursos de geração de renda com as mães das crianças, entre outras atividades. 
A secretária explanou como são feitos os atendimentos as crianças com deficiências e apresentou vídeo clipes explicativos das ações realizadas. Falou sobre as capacitações vivenciadas pela equipe e também como é realizado o trabalho em rede com outros órgãos, a exemplo do CRAS, CREAS e Conselho Tutelar, também citou a criação de um Comitê Gestor com representações de cada secretaria do município, onde elabora-se com eficiência todo atendimento necessário as famílias atendidas.
Mesmo em época de pandemia, a secretária realçou que a equipe criou uma metodologia remota onde continuou realizando os atendimentos as famílias. Segundo Juliany, Iguaracy foi pioneira neste tipo de atividade, e observando os protocolos de segurança relacionados a Covid-19, os locais mais longínquos do município não ficaram sem atendimento, disponibilizando também em mãos todo o material as famílias que não dispõem dos serviços de internet.
"Este olhar diferenciado é que faz a gente se destacar cada vez mais e aprimorar o Programa Criança Feliz dentro do Município", finalizou a secretária.